Pensamentos: Eu mudei meus pensamentos. Isso mudou a minha vida.

By | 15 de Abril de 2017

“Mude teus pensamentos e você muda o teu mundo.” ~Norman Vincent Peale

Nossos pensamentos determinam a qualidade da nossa vida: triste, alegre, infeliz, feliz ou contente. Pensamentos geram emoções e sentimentos, que criam ação, fazendo o sangue fluir livremente. Essa ação será sempre boa. Ela pode nos afastar ou nos aproximar de uma vida mais alegre, feliz e livre, sejam quais forem os nossos valores. É comprovado por estudos em neurociência, que pensamentos pessimistas, tristes e sombrios, criam inércia e nos obrigam a ficar parados.

Nossas ações são as manifestações práticas dos nossos pensamentos.

A mente é maravilhosa. Nosso cérebro voluntariamente adota qualquer mudança que nós trazemos em nossos padrões de pensamento. Eu pesquisei e vou colocar aqui, algumas maneiras para que por repetição, você consiga mudar pensamentos, sentimentos e comportamentos que estejam te atrapalhando hoje.

1. Criar afirmações positivas

Afirmações nem sempre são positivas. Eles podem ser negativas também. A verdade é que a maioria das pessoas é dada a fazer afirmações negativas. Geralmente as pessoas pensam no que vai mal, nas coisas que não funciona, no que está errado e o que elas acabam focando? No que não funciona. Afirmações, tanto negativas como positivas, afetam o funcionamento neurológico do cérebro.

Exemplos de afirmações negativas são: “Eu não posso” fazer isso. É “bastante difícil”.

Afirmações positivas devem ser vigorosas e determinadas, como “eu posso”, “eu vou”, ou “quando eu”. Como mencionado acima, seu cérebro está sempre se adaptando aos seus padrões de pensamento e direciona seus órgãos para agir em conformidade com os pensamentos. O nosso cérebro trabalha em congruência, entre mente e corpo, logo, a máxima “mente sã, corpo são”, é uma tremenda verdade.

2. Esqueça os erros e fracassos.

Errou? Fracassou? Qual a lição aprendida? E segue em frente… pegue a lição, os aprendizados e continue. Não fique preso ao passado pensando e refletindo como poderia ter sido diferente, ou como hoje poderia ser diferente ‘se’ o passado não fosse como passou. O que teria acontecido se eu tivesse feito isso ou aquilo? O que aconteceria se eu fizesse isso ou aquilo no futuro? Na verdade, isso tudo não importa.

Pense em uma criança: nenhuma criança fica se lamentando hoje, pelas brincadeiras que não fez ontem.

3. Deixe de ser masoquista

Muitas pessoas adoram ficar se punindo, ou sendo sombrio e pessimista. Aqui está um exemplo:

“Se eu começar a vender biquinis, vai começar a chover e fazer frio”, ou “Se eu começar a vender caixões, as pessoas vão parar de morrer”, ou ainda “Eu nasci azarado. Coisas boas não acontecem para mim”.

Esses pensamentos não só causam um impacto ultra negativo sobre a mente, mas eles também afetam negativamente a saúde física.

4. Conte suas alegrias

A maioria das pessoas fala sobre o que não tem, ou dos problemas que tem – ao invés de valorizar o que tem, as alegrias e conquistas do dia a dia. E se pensar em uma situação que poderia ter sido pior do que é agora?

Por exemplo, você está chorando porque machucou seu joelho em um acidente. E se a perna tivesse quebrado?

Perceba a metade cheia do copo para a satisfação e a metade vazia com motivação para enchê-lo.

“A gratidão destranca a plenitude da vida. Ele transforma o que temos em suficiente, e muito mais. Ela transforma a negação em aceitação, o caos na ordem, a confusão na clareza. Ele pode transformar uma refeição em uma festa, uma casa em um lar, um estranho em um amigo.” ~Melody Beattie

5. Aprecie e aproveite o que você já tem

A idéia não é sugerir que você não deve aspirar a uma vida ainda melhor. Desfrute de qualquer quantidade de sucesso que você conseguiu em vez de se sentir triste com o que você não foi capaz de alcançar. Não há nada de errado em estabelecer objetivos mais altos, mas a falta de alcançá-los não deve estragar a sua gratidão pelo que você já tem.

“Se você perceber que você tem o suficiente, você é realmente rico.” ~Lao Tzu

6. Fique em pé e mantenha a cabeça erguida em circunstâncias difíceis

Muitas vezes tendemos a nos sentir desmoralizados em condições adversas. Nós nos inclinamos e nos sentimos pequenos, como se estivéssemos curvados sob o peso. Isso acontece tanto literal como figurativamente. Você, no entanto, certamente se sentirá melhor se você tentar levantar o espírito e a cabeça como uma pessoa determinada a assumir o desafio. Esta é a melhor maneira de sair da depressão. Tente.

7. Permita-se ser brincalhão e infantil

As crianças são conhecidas pela inocência e simplicidade da mente. Eles logo esquecem suas brigas com seus amigos e começam a tocar juntos mais uma vez. Esta é a razão que geralmente eles estão sempre felizes e sorrindo. Traduzido para a linguagem dos adultos, devemos aprender a esquecer e perdoar.

8. Busque a felicidade no presente

Não associe felicidade com eventos futuros, tipo “Serei feliz quando as coisas acontecerem desta maneira”. É como adiar a sua felicidade para um futuro incerto. A melhor alternativa é tentar adiar sua tristeza para algum momento futuro incerto, tanto quanto você puder. O tempo para ser feliz é hoje porque ontem já passou e você não pode ter certeza de que amanhã trará qualquer felicidade. Seja feliz agora. É a única certeza.

“Como é simples ver que só podemos ser felizes agora, e nunca haverá um momento em que não seja agora.” ~Gerald Jampolsky

9. Seu corpo é seu templo, honre-o

Mantenha o templo do seu corpo limpo, limpo e bem ventilado. Não despeje o lixo de pensamentos sujos, negativos e comida sem qualidade nele. É realmente difícil permanecer feliz quando você está doente fisicamente ou mentalmente. Existe uma estreita relação entre a mente e o corpo. Faça exercícios físicos regularmente de acordo com suas necessidades constitucionais. Inscreva-se em algum serviço inspirador para o dia-a-dia para motivá-lo a permanecer feliz durante o dia.

10. Concentre-se em mudar a si mesmo em vez de mudar o mundo ao seu redor

É impossível mudar o mundo ao seu redor. Então pare de se ocupar quando as pessoas não chegam às suas expectativas. O truque é conseguir absorver outras pessoas que pensam de modo diferente, sem se abalar com isso, mantendo a serenidade mental e os hábitos já adquiridos.

Dê o seu melhor. Não se preocupe com as imperfeições. A palavra “imperfeição” é derivada da “perfeição”. Mesmo a situação mais imperfeita tem algum pequeno elemento de PERFEIÇÃO nela. Foque no que deu certo, e amplifique.

Você muda sua vida mudando seus pensamentos. Se os pensamentos que você pensa são puros, sua vida será pura.

Você acredita que os pensamentos têm o poder de transformar sua vida? O que você acha que está entre você e a felicidade completa? É seus pensamentos ou algo ou alguém? Eu realmente quero saber quais são seus pensamentos sobre isso. Você pode compartilhar suas idéias juntando-se à conversa na seção de comentários abaixo 🙂

Para finalizar, um texto de Jean-Yves Leloup, “Sede passantes”.

Pessah em hebraico, quer dizer passagem.

A passagem, no rio, de uma margem à outra margem, a passagem de um pensamento a outro pensamento, a passagem de um estado de consciência a outro estado de consciência.

A passagem de um modo de vida a um outro modo de vida.
Somos passageiros.

A vida é uma ponte e, como diziam os antigos, não se constrói sua casa sobre uma ponte.

Temos que manter, ao mesmo tempo, as duas margens do rio, a matéria e o espírito, o céu e a terra, o masculino e o feminino e fazer a ponte entre estas nossas diferentes partes, sabendo que estamos de passagem.

É importante lembrar-se do carácter passageiro de nossa existência, da impermanência de todas as coisas, pois o sofrimento geralmente é de querermos fazer durar o que não foi feito para durar.

A grande páscoa é a passagem desta vida mortal para a vida eterna, é a abertura do coração humano ao coração divino.

É a passagem da escravidão para a liberdade, passagem que é simbolizada pela migração dos hebreus, do Egito para a terra Prometida. Mas não é preciso temer o Mar Vermelho. O mar de nossas memórias, de nossos medos, de nossas reações.

Temos que atravessar todas estas ondas, todas estas tempestades, para tocar a terra da liberdade, o espaço da liberdade que existe dentro de nós.

#saiDaMedia #BoaPascoa